Voltar para o topo

Personas na prática.

Personas na prática.

Personas
marketing digital personas

Quando pensamos em produzir conteúdo independente do canal, seja em mídias sociais, site, blog e até materiais impressos, imaginamos como o cliente irá perceber esse conteúdo, se vai gostar, se vai entender a proposta, se vai chamar atenção, se vai entregar a mensagem... Essas e muitas outras questões passam pela nossa cabeça.

Mas como produzir conteúdo que o cliente goste? Não é tão difícil assim, precisamos produzir conteúdo para ele, entendeu?

Precisamos fazer as perguntas certas e com um recurso interessante esta estratégia ficará mais fluida.

Para direcionar os conteúdos de forma certeira é preciso identificar o perfil de nossos clientes. Essa identificação permite criar o conteúdo certo, pois é possível personificar o público-alvo, e conhecendo bem essa pessoa passamos a entender suas dores (problemas) para oferecer as soluções mais adequadas, no momento certo. Esse é o conceito de PERSONAS, a definição de personagens semi-fictícios do cliente típico da organização, reunindo as principais características desses compradores.

Personas

A representação da persona é realizada com base em pesquisas sobre o comportamento e principais características do cliente ideal. Para tornar tudo ainda mais “real” comumente apresenta-se histórias reais desses indivíduos, assim como suas motivações de compra.

Você poderá começar a definir a persona do seu negócio, realizando uma investigação na sua base de clientes. Você será capaz de identificar as diferentes formas com que os seus clientes chegam até seu negócio e adquirem seus produtos ou contratam seus serviços. Contemple nessa investigação as reclamações, ouvidorias e desistências, estes insights são tão importantes quanto os cases de sucesso.

É comum confundir personas com público-alvo, e entendendo as diferença você vai perceber a importância dessa estratégia.


Público-Alvo: Mulher, entre 18 e 50 anos, interessada em moda, empoderada, curso superior completo, renda média de R$ 5.000/ mês. Busca vestuário personalizada de moda plus size.

Persona: Cristiane, 37 anos, mãe do Pedro e da Júlia, separada, é arquiteta. Depois da gravidez da Júlia ganhou peso e não conseguiu mais emagrecer, sofreu bullying, mas com o tempo passou se amar como é, agora Julia já tem 18 anos e está fazendo intercâmbio. A Cristiane quer usar roupas bonitas e descoladas, afinal ela uma mulher jovem, independente e criativa. Não se identifica com as roupas que usa por dificuldade de encontra roupas diferentes no seu tamanho.


A Persona traz na bagagem uma história, conhecendo a história da Cristiane podemos pensar nela desde a etapa de desenvolvimento de produtos, campanhas de marketing assertivas até o fechamento das vendas. Não se limite a uma única persona! A criação das personas visa o envio da mensagem certa, no momento certa, para as pessoas certas.


Neste post vamos te mostrar na prática como criar as personas do seu negócio.

Etapa 1: Realize uma pesquisa:

Nada mais assertivo do que conversar com o seu público para personificar o perfil, desta forma identifique clientes que estão propensos a participar de uma pesquisa. Você pode fazer isso por telefone,WhatsApp, formulários e até buscar clientes ativos nas redes sociais.

Monte um roteiro de perguntas e desenvolva-o de forma flexível para aplicação em diferentes formatos. Lembre-se de além fazer perguntas deixar o entrevistado falar, por vezes os melhores insights são espontâneos;

Algumas perguntas indispensáveis:

  • Sexo;
  • Idade;
  • Profissão;
  • Perguntas relacionadas aos hábitos e hobbies;
  • Desafios pessoais e profissionais;
  • Elabore perguntas para identificar os hábitos de compra, se utiliza celular no processo, por exemplo;
  • Quais são as mídias sociais que mais utiliza;
  • Celebridades ou influenciadores que segue;

Não existe um script, pense no seu negócio e desenvolva as perguntas a partir dessa reflexão.

Etapa 2: Ofereça benefícios

Faça uma oferta free de um complemento de seu produto ou serviço, dê mimos em forma de agradecimento;

Etapa 3: Deixe tudo claro

Lembra que falamos que a persona é um personagem semi-fictício? Pois bem, o compilado dessas informações gera um perfil, portanto jamais divulgue os dados do entrevistado e nunca ligue o nome dele a história (principalmente sem autorização). Deixe claro como irá funcionar o processo de criação, desta forma o entrevistado se sentirá mas confortável à participar.

Etapa 4: Crie novos nomes

Pense em nome fictícios que nada tenham a ver com as histórias e com os participantes da entrevista;

Etapa 5: Análise

Analise o comportamento dessas pessoas, como interagem nas redes sociais, interesses e afinidades. As redes sociais nos trazem muitas informações adicionais sobre o perfil e os hábitos das pessoas.

Etapa 6: Criar campanhas

Crie campanhas para se relacionar com esses “novos” perfis que você identificou.


Ao pensar em uma estratégia de marketing de conteúdo você poderá utilizar esses novos dados para criar conteúdo em torno das palavras-chave que fazem mais sentido para essas personas. Dessa forma se inicia um diálogo, o interlocutor se sente seguro para buscar mais informações sobre seus produtos ou serviços, pois “parece” que aquele material foi criado diretamente para ele. Pimba, essa é a ideia!

Toda estratégia de divulgação leva em consideração a persona, e a partir de agora uma linguagem textual e apelo visual devem estar voltados à este público, desta forma é mais fácil de eles gostarem, que era a nossa preocupação inicial.

A perfeita identificação da sua persona proporciona a segmentação de anúncios, reduzindo os custos em divulgação tanto no Google quanto nas redes sociais. Amplia as chances de conversão,  pois as ferramentas como Business Facebook e Google Ads oferecem cada vez mais opções de segmentação levando em consideração dados como localização, idade, nível de escolaridade, áreas de atuação, público semelhante, interesses e até renda.

Desta forma é possível criar anúncios com base nas características da sua persona, focando tempo e economizando dinheiro em anúncios mais assertivos e segmentados.

Agora que você já sabe como identificar a persona do seu negócio, que tal começar a criar as campanhas e começar a interagir com essa audiência?


Solicitar contato de um especialista em anúncios

 Fontes: RockContent, Resultados Digitais, Neil Patel .

Por Fábio Brand de Nunes.




Pesquisa
Siga-nos nas redes sociais
Quer ficar por dentro das novidades? Siga-nos nas rede sociais!
Para otimizar sua experiência durante a navegação, fazemos uso de cookies. Ao continuar no site, consideramos que você está de acordo com nossa Política de cookies.