Voltar para o topo

Pesquisa de palavras-chave na prática.

palavras-chave
mecanismos de busca palavras-chave seo tráfego orgânico

O Google é o site de buscas mais utilizado no mundo e todos nós recorremos a ele quando precisamos de alguma informação.

Muitas vezes optamos por fazer uma pesquisa antes de visitar algum local, antes de realizar uma reserva de hotel, comprar produtos, fazer comparações, contratar serviços, pesquisas acadêmicas entre tantas outras situações onde recorremos a ele.

O buscador identifica e categoriza os assuntos na internet  por termos de pesquisa, que são a forma como os usuários da web buscam as informações, estes termos são as conhecidas palavras-chave.

A partir do momento que você utiliza uma palavra-chave para realizar uma pesquisa, o Google rapidamente já apresenta resultados relacionados a este termo com base na relevância, ou seja, sites muito acessados, com relevância alta na web que contemplam este conteúdo normalmente são exibidos primeiro como as respostas (soluções) para nossas pesquisas (problemas).

Agora já começamos a entender porque é importante levar em consideração os termos de pesquisa na hora de produzir conteúdo para um blog, cadastrar informações em um site ou loja virtual. Para produzir conteúdo que contemple e identifique esses termos, precisamos estar atentos a quais são os termos que os usuários estão pesquisando em nosso segmento.

Neste post vamos te ajudar a realizar uma pesquisa de palavras-chave que vai permitir que seu conteúdo esteja alinhado com aquilo que o seu público tem interesse. Vale lembrar que não estamos falando em posicionamento no ranking de pesquisas, pois essa é uma promessa difícil de cumprir, por depender de outras variáveis, mas com certeza a escolha estratégica das palavras-chave irá permitir que de forma orgânica que seu conteúdo seja mais facilmente encontrado.

Falando em ranking do Google, você sabia que os três primeiros resultados exibidos na sua pesquisa são pagos? Isso mesmo, o Google reserva esse espaço apenas para os melhores estrategistas na sua ferramenta Google Ads, esses caras são capazes de criar anúncios incríveis e utilizar da estratégia para investir em publicidade de forma a buscar as melhores posições gastando menos que os concorrentes. 

Na Virtuos contamos com profissionais certificados em rede de pesquisa do Google, preparados para realizar anúncios e gerir campanhas inteligentes como especialistas, esses anúncios serão exibidos apenas para o seu público-alvo, não é necessário pagar para exibir anúncios para todo mundo, a era do outdoor já passou e provavelmente você não quer um outdoor da sua empresa na internet, né? Ainda mais levando em consideração que você paga a cada vez que alguém clicar no seu anúncio ou quando for exibido (depende da estratégias), então vamos pensar estrategicamente e oferecer nossos produtos e serviços para o nosso público-alvo, e não para todo mundo, vamos fazer anúncios inteligentes! O que você pensa sobre isso?

Solicitar contato de um especialista em anúncios segmentados

Voltando aos termos de pesquisa, vamos te mostrar na prática a importância da escolha de palavras-chave corretas. Antes de pensar em ferramentas para anúncios segmentados ou em SEO (otimização para buscadores como o Google), precisamos fazer um diagnóstico do negócio levando em consideração a persona, que é um personagem semi-fictício interessado em seu negócio. A partir do momento que você personifica o seu publico-alvo fica mais fácil entender o que ele procura, quais são suas dores, problemas, necessidades e conhecendo isso você poderá propor as soluções mais adequadas. Se você não conhece o conceito de persona pode clicar aqui que a gente te explica.

Vamos ao planejamento então?

Etapa 1: Realizar um planejamento criterioso e fazer as seguintes perguntas:

  • Como seu negócio quer entregar valor para o segmento?
  • Quais são os seus diferenciais?
  • Como o seu negócio atende as necessidades dos clientes?

Você pode utilizar o Excel e fazer um esboço para ir relacionando as ideias, veja baixo o exemplo com uma empresa de mentirinha:


Palavras-chave

Relacione todas as palavras-chave que você entende que sejam termos pertinentes ao seu negócio, não tem um número mínimo e nem máximo de palavras nesse momento.

Exemplos: vestuário, calças, calças femininas, vestidos, blusas, blusa feminina, plus size, vestuário feminino, moda feminina, moda plus size, roupas, roupas personalizadas, vestuário personalizado plus size...

Guarde essas informações!

Comumente quando empreendedores começam a realizar uma busca por palavras-chave, as primeiras percepções são de termos mais curtos, como por exemplo os termos de pesquisa: moda, plus size, vestido, calça. Agora vamos aprender um conceito que vale para estratégias de anúncios também. Hoje em dia ninguém mais inventa a roda, a gente faz rodas novas e diferentes, alguns até copiam. Mas em um mundo tão conectado dificilmente vamos ser os pioneiros à explorar um nicho totalmente novo. Desta forma precisamos fugir do convencional para nos destacarmos, não é mesmo? Se você é um empreendedor já sabe do que eu estou falando!

Muito bem, esse conceito também se aplica para a definição das palavras-chave, precisamos fugir um pouco da concorrência, sendo mais específicos e mais relevantes. Em resumo, uma estratégia muito interessante é buscar palavras-chave com alto volume de buscas e baixa competitividade, ou seja muitas pessoas pesquisando por esse termo e ao mesmo tempo menos anunciantes utilizando-o. No marketing temos um nome para isso e se chama método cauda longa. 

Cauda longa é método estatístico proposto pelo físico Chris Anderson, que explica a estratégia de contrariar a demanda e investir esforços em produtos com menor procura e maior representatividade. É utilizado com frequência em mercados de nicho, onde a estratégia é vender melhor, mesmo que em menos quantidade.

 

créditos da imagem: Tríscele

Etapa 2: faça uma busca de como a sua persona iria procurar pelo seu produto.

Exemplos: Plus Size, Moda GG, Roupas grandes...

Acontece que esses termos de até duas palavras tem alto volume de pesquisas e muitos anunciantes, logo seu conteúdo terá menos chance de ser exibido nos primeiros lugares no ranking ou até mesmo na primeira página. Claro, dependo do segmento, se um mercado é muito restrito o resultado das buscas pode se apresentar de forma diferente.

É neste momento que você poderá explorar o método cauda-longa de Chris Anderson, veja os exemplos: moda feminina plus size em caxias do sul; moda feminina personalizada plus size em caxias do sul; loja de moda feminina plus size em caxias do sul; calça feminina em couro vermelho plus size caxias do sul...


Ficou bem mais específico não é mesmo? Esses termos com 3 palavras ou mais tendem a trazer resultado melhores, pois são mais específicos (menor competição). Palavras-chave curtas (de até 2 palavras), tendem a ter alto custo e alta competição, palavras chave longas (3 palavras ou mais), tendem a ter menor competição e portanto alta probabilidade de conversão. Você pode usar a ferramenta Keyword Tool nesta etapa.

Falamos que esse post iria te ensinar na prática, então vamos lá!

A pesquisa de palavras-chave envolve variáveis para decisão, veja abaixo as principais formas de avaliar as palavras-chave:

  • Potencial de aquisição: palavras-chave relacionadas ao seu produto ou serviço (solução) de forma direta pode ser considerada com alto potencial de aquisição. Ex: Calça feminina em couro plus size. Por outro lado, um termo mais genérico ligado aos seu setor (problema) poderá ter menor potencial de aquisição. Ex: Moda Plus Size. Ferramenta que pode te anular neste processo: Ubersuggest;
  • Dificuldade: Essa variável visa identificar o nível de disputa por uma palavras-chave no Google. Sites com bom posicionamento no ranking de pesquisa conquistaram autoridade, isso torna difícil a busca por melhores posições. Você pode utilizar a ferramenta MOZ nesta etapa.
  • Competição: Competição está diretamente relacionada com a ferramenta de anúncios do Google, o Google Ads. Essa variável representa o volume de empresas que estão competindo no leilão por determinada palavra.
  • Volume: Você pode considerar um período, normalmente 30 dias, para avaliar o volume de buscas realizadas por um termo.

Existem várias ferramentas para realizar essas análises, as mais completas são pagas. Ex: Google Keyword Planner (esse ferramenta está disponível dentro do Google Ads), Google Analytics, Google Trends, Moz Keyword Explorer, SEMrush, WordStream, entre outras.


Tráfego

Existem duas formas de utilizar palavras-chave para atingir um melhor posicionamento nos buscadores, e isso não necessariamente precisa ser com investimento em anúncios.

O tráfego orgânico e o tráfego pago, tratamos esse assunto em mais detalhes em outro post e você pode clicar aqui para saber mais.


Etapa 3: Desconsidere os termos menos significativos:

Você deve considerar apenas os termos mais significativos para o seu negócio, você fez uma relação muito ampla na etapa 1, agora já podes ser mais específico e certeiro;

Etapa 4: Decida quais são as palavras-chave em que você deve apostar:

Se você chegou até aqui e seguiu nossas dicas você conseguiu aos poucos ir assimilando e afunilando o número e potencial dos termos de pesquisa. Você deverá ter uma lista muita rica de palavras-chave incríveis para o seu negócio;

Etapa 5: Otimize seu conteúdo em torno da palavra-chave:

Se você já tiver um site ou blog revise todo o conteúdo das páginas principais, se estiver começando a produzir conteúdo agora para um site novo desde o início tente produzir o conteúdo das páginas em torno da palavra-chave principal. Mas cuidado, não fique repetindo demais a palavra-chave só para ela “aparecer”, use de forma natural, caso contrário fica apelativo, chato para o leitor e o Google penaliza, viu!

Etapa 6: Monitoramento e Revisão

A medida que seu site ou blog vai ganhando autoridade na web, ele passa a subir posições no ranking, começa a ser exibido mais facilmente nas buscas e alguns termos passam a ativá-lo.

Você deve começar a interpretar os dados, e trabalhar as palavras-chave prioritárias, entendendo o que os usuários buscam ao realizar pesquisas por esses termos. Você será capaz de identificar as palavras com maior probabilidade de gerar negócios diretos e as palavras que geram mais leads. Assim poderá tornar sua estratégia ainda mais eficiente.

Esse monitoramento precisa ser constante, os critérios de rankeamente oscilam muito e acredite, até para especialistas e profissionais que trabalham diariamente com SEO e Google Ads é complicado estar atento à todas essas alterações.

Você poderá passar a revisar o conteúdo dos seus concorrentes e entender os termos que eles utilizam no site e no blog, fazer uma comparação se você também está explorando esses termos e passar a fazer testes periódicos.

Reserve um tempo  para revisar toda essa estratégia desde a etapa 1, de tempos em tempos para obter novos insights. A relevância das palavras-chave é mutável, esse trabalho exige atenção constante às tendências, mudanças no mercado e atualizações.

Agora que você já sabe na prática como escolher as palavras-chave mais adequadas para seu negócio, que tal começar uma estratégia de anúncios vencedora, para atrair mais acessos, gerar mais leads, mais conversões e traduzir tudo isso em R$ para sua empresa?

Solicitar orçamento

Fontes: RockContent, Resultados Digitais, Neil Patel e  Chris Anderson.

Por Fábio Brand de Nunes.






Pesquisa
Siga-nos nas redes sociais

Confira as novidades no nosso Instagram!